segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

When Winter Comes - CHRIS DE BURGH


Quando o inverno chega e  há frio  que aperta e liquefaz os ossos, recordo que já o sofri em muitos e antigos momentos que evito recordar, mas até vou recordando... e vejo ainda dentro de mim tanta criança que caminha com os pés enregelados em direcção à escola, ou no regresso desta para casa...onde nem sempre luz o fogo na lareira ou apenas há a vizinha possui uma enorme braseira quente. Às vezes por inadvertência e alguma inocência colocam as mãos sobre a cinza para as aquecer...caem e torna-se horrível a sensação de dor!
Recordo os sem-abrigo, e os velhos que não possuem aquecimento nem  calor humano...
e sinto-me grata  aos deuses do acaso e do esforço continuado para melhorar de vida que sempre guiou os meus ancestrais e os meus próprios passos.
Que poderei fazer para melhorar toda esta desumanidade em que tristemente se vai arrastando a vida?